Costa Oeste Americana – Parte 2 (Los Angeles)

Los Angeles é bem diferente do que você pode imaginar. Para começar, porque tudo é muito longe, então se você achava que poderia conhecer a cidade em um dia, esta enganado. Segundo, a cidade oferece muito mais do que se encontra em livros e revistas de viagem – mas esteja preparado, pois o dinheiro por aqui voa longe. A segunda maior cidade dos Estados Unidos, não é a capital da Califórnia, como muitos podem achar (a capital é a cidade de Sacramento), e dizem ser quatro vezes o tamanho de São Paulo (você consegue imaginar?).

Conforme já mencionei aqui no Blog, assim que cheguei no Hotel Sheraton Los Angeles Downtown, já retirei o carro (previamente reservado aqui pelo Brasil). A idéia era tomar um banho antes de sair pra rua, e conhecer aquela região onde o Hotel estava localizado – centro da cidade. Mas, quando vi, já estava programando o GPS para me levar ao Píer de Santa Mônica, torcendo para ver o tão famoso pôr do sol. Infelizmente, como tudo em Los Angeles respira trânsito parado, quando cheguei por lá, foi tarde de mais. Estacionei o carro nos estacionamentos públicos (cerca de US$ 2,00 por duas horas), hora de dar uma volta por ali mesmo e conhecer tudo o que o píer pudesse me oferecer. A principal atração, sem dúvida, é o parque de diversões Pacific Park, com sua famosa roda gigante que ilumina-se logo ao entardecer. Diversas lojas e restaurantes – entre eles o famoso Bubba Gump Shrimp (de frutos do mar – especializado em camarões), mas acabei mesmo, foi jantando em um restaurante mexicano. Se você quiser mesmo conhecer todo o Píer de Santa Mônica deve ir cedo e reservar, pelo menos umas 2 ou 3 horas – o local é bastante badalado e a paisagem linda, com sol então, com certeza renderá muitas fotos bonitas.

Hora de voltar ao Hotel e descansar, pois nos dois próximos dias fui para Anaheim, visitar os parques da Disney (mas isso você já deve ter lido no Blog, ou é só clicar aqui).

Na verdade, me arrependo de não ter ficado mais tempo em Los Angeles, pois nesse primeiro dia, conheci apenas o Píer, no quarto dia de viagem, fui para Hollywood e depois só veria essa megacidade no último dia de viagem. Bom, vamos ao quarto dia então.

Dia de acordar cedo e ir a Hollywood. Ao contrário do que muitos podem pensar, Hollywood é uma pequena rua com a calçada da fama, algumas lojas famosas, museu de cera, o Chinese Theater e o Kodak Theater (onde é realizado o Oscar) – ou seja, em pouco mais de uma hora, você pode dizer que visitou tudo – mas se sua intenção for participar dos tours guiados dentro dos teatros, é necessário mais tempo. Depois de ver tudo isso e tirar muitas fotos, embarquei em um ônibus de turismo (US$ 25) que me levaria para os principais pontos turísticos de Hollywood, passando por um estúdio de cinema (Paramount – o único ainda localizado naquela região) e Beverly Hills. A intenção aqui era poupar tempo e economizar dinheiro (pois os estacionamentos da cidade eram muito caros – sendo assim com esse city-tour de duas horas, eu saberia exatamente onde ir, o que ver e não perderia tempo).

Foi aí, nesse momento, que eu me apaixonei por Beverly Hills, um bairro, uma cidade, um distrito de Los Angeles, isso não importa. A guia do tour, foi nos contando toda a história por trás das ruas mais bonitas que já tinha visto. É simplesmente incrível. E o melhor de tudo, quando ia chegando próximo a um cenário, que já foi de um filme, ela colocava a música-tema do filme – foi bem divertido. Depois do tour, almocei em Hollywood, com o famoso letreiro ao meu lado – queria poder ter tido mais tempo de chegar bem próximo a ele, mas… Dali voltei a Beverly Hills, caminhei na Rodeo Drive, visitei (olhei as vitrines) das lojas mais caras do mundo, e depois hora de voltar ao centro de Los Angeles.

Como ainda era cedo, quando voltei ao Hotel, conheci a Macys que ficava ao lado do Hotel (obviamente, foi ali o início das compras) e depois jantar em um restaurante japonês que tinha ali por perto, que infelizmente não lembro do nome, mas foi muito bom.

Infelizmente, era hora de devolver o carro à locadora, pois no dia seguinte, começaria meu tour com a Mauiva Air Cruise (que comprei na CVC Viagens), onde iria até Las Vegas – visitando diversas cidades pelo caminho, e os trechos entre as cidades, iria de avião privativo.

Abaixo, você encontra um vídeo com os melhores momentos de Los Angeles (vale lembrar que apresenta também algumas imagens de Venice Beach – que visitei no último dia da viagem e abordarei mais tarde nesse Blog).

Anúncios

6 comentários sobre “Costa Oeste Americana – Parte 2 (Los Angeles)

  1. Bom Dia! Muito bom o seu post!
    Eu e meu marido estaremos em Los Angeles final de dezembro.
    Estaremos de carro, você acha que conseguimos fazer Hollywood, Beverly Hills e Santa Monica em um mesmo dia?
    Que daí em outro faremos universal e o tour da warner
    e nos outros dois Disney.
    Obrigada!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s